Trabalhar na Austrália

Entre os países que recebem estudantes estrangeiros para intercâmbio, a Austrália é um dos pouquíssimos países que permitem o estudante trabalhar por 40 horas quinzenalmente e conciliar o estudo ao mesmo tempo. Essa oportunidade única auxilia o estudante a pagar parte de suas despesas, enquanto promove uma maior integração com a sociedade e cultura australiana. Além de ser uma ótima oportunidade de desenvolver o aprendizado de inglês.

Como Trabalhar na Austrália

Para trabalhar legalmente na Austrália você precisará ter um visto com permissão de trabalho, além de solicitar seu Tax File Number (TFN) - algo similar ao CPF brasileiro. Também é importante abrir uma conta bancária e ter um resume um currículo resumido com suas qualificações e experiência.

São procedimentos simples e a UP Study providencia todo o apoio aos seus estudantes nesse sentido.

Modelo de Currículo

Tipos de Trabalho

Full-time

Este tipo de trabalho geralmente não é utilizado por estudantes, devido a limitação de horas semanais estabelecida pelo governo australiano em seus vistos. Porém muitos conseguem um tipo de visto que é chamado de Sponsorship – o que significa que a empresa precisa de determinada mão-de-obra e se responsabiliza pela pessoa dentro da Austrália, migrando o seu visto de estudante para o Sponsorship Visa.

O trabalho então será fixo com horário integral. Média de 40 horas quinzenais.

Part-time

Horário fixo, meio expediente. Média de 20 horas por semana.

Casual

Este é o tipo de contrato mais utilizado por aqueles que têm visto de estudante, uma vez que não existe o compromisso diário. A atuação será de acordo com a necessidade da empresa e a disponibilidade do estudante.O tipo de trabalho irá variar muito, desde cafés, restaurantes até o que chamamos de “cleaner”, ou o que é responsável pela limpeza, tendo ou não um horário fixo de trabalho.

Solicite um orçamentoIr para o topo

Onde Encontrar

A UP Study sugere que você esteja sempre ligado ao que acontece a sua volta. Há muitas maneiras de se conseguir um emprego. Nas escolas é comum haver murais com vagas de trabalho. A indicação de amigos também funciona na Austrália como no Brasil, afinal de contas a rotatividade de estudantes no país é grande e sempre existirá algum estudante voltando para casa, deixando uma vaga de trabalho. Uma maneira muito eficiente é bater de porta em porta, especialmente na procura por vagas de waiter (garçom). Se apresentar diretamente ao gerente e entregar seu resume em mãos conta bons pontos, pois o responsável pelo estabelecimento já terá a oportunidade de te conhecer e saber seu nível de inglês enquanto você poderá conhecer um pouco o lugar onde poderá trabalhar. Por fim, a procura por trabalho pode ser feita por jornais e sites por meio dos anúncios de vagas.

 

Solicite um orçamentoIr para o topo