Victor Oi

Quando estava vindo pra cá, estava meio nervoso em relação a se meu inglês seria suficiente para me comunicar e conseguir interagir com outras pessoas. Mas logo na chegada já fui muito bem recebido pela minha hostmother que é muito atenciosa em ver se compreendemos o que ela fala e se estamos gostando de tudo, se estamos bem. As pessoas na rua e nas lojas são muito abertas a ajudar. De maneira geral são muito pacientes com você e, por isso, acaba sendo fácil andar por aqui pra visitar os lugares, ir fazer compras, ir ao mercado… além disso há wi fi grátis em quase todo lugar, lojas, cafés, restaurantes, nos prédios, o que facilita o acesso à internet a qualquer momento para se localizar, se comunicar ou pesquisar algo.


Sobre Vancouver não tem o que dizer. Logo na saída do aeroporto já percebe o quão lindo é a cidade. Há muitas coisas para se fazer, muitos lugares para visitar e comidas para experimentar. A cidade é muito turística e rica culturalmente, há pessoas de todo canto do mundo, o que abre oportunidades para conhecer diferentes tipos de comida e culturas . Aqui é tudo bem limpo, seguro e organizado, então não tive nenhum problema para me deslocar ou com horários para ir e voltar a escola.
No primeiro dia de aula é apenas para apresentação do curso de inglês, fazer o cadastro do aluno, e eles mostram como funciona um pouco a escola, apresentam algumas opções de passeios também.

Eles possuem varias pessoas que sabem outras línguas, assim se houver alguma duvida, você pode procurar uma pessoa da escola que fala português para te ajudar. Além disso, na orientação somos separados em grupos menores para fazer um pequeno teste, com parte teste e escrita. Não sei porque, mas na minha sala apenas eu fiz a parte oral no teste hahaha mas é bem tranquila, e serve apenas para te alocar ao melhor nível a você.

Não precisa se preocupar em ir bem ou ir mal. O resultado sai no mesmo dia e eles te enviam por e-mail qual sala e horário você precisa ir. No dia seguinte é o primeiro dia de aula de fato. As aulas são em salas com grupos pequenos, são bem interativas tanto com o professor quanto entre os alunos. Eles dão bastante jogos e musicas para gente treinar o inglês, o que acaba tornando tudo mais tranquilo de se estudar, do que aulas maçantes em que apenas o professor fala e você apenas copia.
Os alunos aqui são de todo lugar, tem muitos brasileiros.

Então o que fiz com alguns que conheci é combinar de não falar em português. O que tem funcionado em maior parte do tempo . Mas como tem alunos de muitos lugares do mundo e todos são estudantes você acaba fazendo amizade e conhecendo muita gente. Logo na primeira semana já conheci alguns japoneses, chineses, mexicanos, franceses., russos, belgas. Mas com certeza a predominância aqui é de asiáticos.

Contudo, não tem o que reclamar. Estou muito feliz com a cidade, com o homestay, com a escola.
Eles são muito receptivos e estão acostumados com estudantes e turistas. A cidade proporciona tudo para você ter boas experiências com viagens e aprender inglês ao mesmo tempo…

Ofertas do Mês

NZeTA: entenda como funciona a autorização para quem faz turismo ou está em trânsito na Nova Zelândia.

Orçamento
Atendimento
Whatsapp