Blog

Confira o depoimento super especial da nossa estudante Josiane Gonçalves, contando toda sua experiência desde antes do embarque até seus primeiros meses na terra dos cangurus!

Sou a Josi, diretamente de Brotas, interior de São Paulo. Vou contar pra vocês um pouquinho da minha recente vivência aqui na Austrália. Digo “recente” pois faz apenas dois meses que cheguei, mas já foi o suficiente pra sentir as doçuras e as “amarguras” rsrs que esse pais, e esse lugar pode oferecer!

A minha vinda pra cá não foi nada planejada, eu vim no embalo pois uma amiga viria no final de 2015 em dezembro (eu como sempre quis conhecer a Austrália), era um sonho desde criança mas por não falar nadica de nada de inglês jamais tomaria a iniciativa de vir sozinha. Pois bem, ela me contou sobre a intenção dela e eu entrei de xereta na historia. Acabei não me programando financeiramente como muitas pessoas fazem, e vim com um dinheiro que havia guardado no Brasil para outros projetos, e na realidade vim com pouco dinheiro, considerando o custo de vida de Sydney. Cheguei no Sábado e na segunda comecei meu curso de inglês no período da manha, e a tarde já fui para um teste de trabalho (de cleaner), mal pude respirar o ar australiano e já estava eu trabalhando, não tive nem tempo de sentir o tal “jet leg” (na verdade eu senti, mas eu não sabia se era fome, sono, labirintite ou frescura mesmo kkkk).

A minha amiga, escolheu uma casa para morarmos muito perto da City, nesse local os custos normalmente são maiores para se viver, mas o local era extremamente estratégico, para vir para a escola e pegar os ônibus necessários para trabalho e passeios, mas como nada e perfeito, encontramos um apartamento com um ótimo custo beneficio, porem 10 pessoas pra dividir uma casa, que por sinal estava numa condição de desespero (falo desespero mesmo porque no primeiro dia eu queria sentar e chorar), mas como somos brasileiras e nas desistimos nunca, levantamos num belo dia atacadas pelos costumes brasileiros de faxinar ate o teto, e limpamos a casa toda. Inclusive duas geladeiras que estavam num estado de calamidade publica, o manager (responsável por alugar as casas), nos fez uma visita logo após a faxina, ficou impressionado com o que fizemos e me ofereceu na hora emprego de cleaner em um hotel da família dele. Aceitei na lata (falei, YES, OF COURSE que era uma das únicas coisas que sabia dizer rs). Comecei na mesma semana em menos de 5 dias de Austrália e estou lá ate o momento, adoro meu trabalho (na verdade nunca pensei que iria dizer isso, kkkk, sou Bióloga no Brasil, e aqui limpo privada e fico tão feliz quando vejo meus banheiros brilhando, haha sinto orgulho deles). Na verdade vocês vão ler isso e me achar maluca, mas estudei Biologia por paixão, trabalhava no Brasil com uma enorme paixão, e aprendi o quanto é gostoso trabalhar no que gostamos, aqui mesmo limpando privadas eu não gostaria que fosse diferente, então procurei encontrar no que faço agora, o que me deixa feliz e satisfeita (tirando o pagamento no final da semana é claro, rsrs isso da uma alegria maior ainda hahaha), faz três semanas que virei a supervisora do hotel sem falar praticamente nada de inglês, isso causa um certo desconforto as vezes, pois enfrento muitas dificuldades em usar as palavras e delegar funções por não me expressar muito bem, tive e ainda estou tendo problemas com duas colegas de trabalho pela diferença de cultura, elas são asiáticas, e têm um comportamento muito diferente dos nossos, as vezes chegam a ser até agressivas com as palavras e expressões, pra mim tem sido uma dificuldade diária vivenciar tudo isso de maneira tão intensa e muitas vezes não conseguir dizer nem o que penso, considero certo ou errado e o que sinto diante das situações, claro que me viro, mas ainda me falta muito … as vezes chego em casa chorando, e quero pegar o primeiro avião e voltar para o Brasil e dar um abraço em minha mãe, e as vezes quero enfrentar, crescer e aprender tudo o que essas dificuldades tem para oferecer, minha vontade de saber que consegui é maior do que qualquer motivo que me deixe pensar em desistir.

Então se você esta pensando em largar tudo e vir pra cá, saiba que viverá momentos espetaculares e nem tanto assim, que terá vontade de voltar pra casa quando as coisas não derem certo, que sentirá saudade de casa, da família e dos amigos, vai se perguntar varias vezes “o que eu vim fazer aqui “, vai ficar encantado com a diversidade de culturas, com as belezas naturais, com a beleza dos homens e das mulheres, da forma como as pessoas se ajudam, você fará amigos de vários países e vai se apegar nas primeiras pessoas que sorrirem pra você no semáforo, eu sei que é muito cedo pra dizer o que realmente acho de tudo isso. Mas o que posso realmente concluir é que pelo pouco que senti, 5 meses é pouco pra viver e aproveitar tudo que essa oportunidade tem pra oferecer, que está sendo uma experiência engrandecedora e mágica, que a cada dia tenho mais vontade de aprender a língua, só pra poder conversar com qualquer pessoa na rua que me sorri, que a vida é curta pra não passar por momentos e experiências como essa, que vale a pena passar por cima de qualquer obstáculo se isso for realmente um sonho, e se for um sonho faça o possível pra que ele se torne realidade, e quando for realidade, aproveite os bons momentos, viva os da maneira mais intensa que puder e dos momentos não tão bons (que sim, vão existir) tire o máximo de aprendizado e crescimento, pois essa é a minha perspectiva de vida aqui: VIVER e EVOLUIR

800x40

 

15/julho/2016

INTERCÂMBIO AUSTRÁLIA: DEPOIMENTO DE JOSIANE GONÇALVES

Confira o depoimento super especial da nossa estudante Josiane Gonçalves, contando toda sua experiência desde antes do embarque até seus primeiros meses na terra dos cangurus! Sou […]
27/novembro/2015

Consulado da Nova Zelândia promove palestra para estudantes brasileiros

Consulado da Nova Zelândia, em parceira com a agência Up Study, vai oferecer uma palestra para brasileiros interessados em fazer intercâmbio no país. Há alguns anos […]
6/outubro/2015

Intercâmbio Canadá: Depoimentos de diversos estudantes da Up Study. Confira!

Intercâmbio Canadá Depoimentos Nós sabemos que todos que planejam fazer um intercâmbio querem se informar antes sobre a agência de intercâmbio e também escutar a experiência de […]
6/outubro/2015

Intercâmbio Canadá: Depoimento de Priscilla Hiromi, que mora e estuda em Vancouver

Intercâmbio Canadá Depoimentos Nossa estudante Priscilla Hiromi nos mandou um recado de como está sendo sua experiencia de intercâmbio no Canadá em Vancouver. Em nosso blog você encontra […]