Trabalhar na Nova Zelândia

Este post é voltado para tirar todas as dúvidas de quem tem a intenção de fazer um intercâmbio para estudar e trabalhar na Nova Zelândia. No início parece meio confuso, mas pode deixar que vamos esclarecer todos os pontos sobre as regras, processo do visto e documentação necessária.

Assim como a Austrália e a Irlanda, a Nova Zelândia é um país com ótimas políticas de visto para estudo e trabalho. Muitos brasileiros tem feito esta escolha pela possibilidade de trabalhar enquanto estudo, seja para custear as despesas ou para juntar dinheiro enquanto está no país.

Por que estudar e trabalhar na Nova Zelândia?

  • Clima: muitos intercambistas escolhem estudar e trabalhar na Nova Zelândia pelas características parecidas com as do Brasil. Nos meses mais quentes, de dezembro a fevereiro, as médias ficam em torno de 24ºC, e nos meses mais frios entre junho e julho, as médias ficam próximas aos 15ºC. 
  • Cidades e Natureza: as cidades da Nova Zelândia possuem urbanização moderna, transporte público de qualidade, hospitais e são completamente seguras. Para os momentos de lazer, há diversas opções para aqueles que gostam de estar em contato com a natureza. São diversas praias paradisíacas, vulcões, geleiras e muito mais. E o melhor de tudo, sem ter que fazer viagens longas!
  • Qualidade de vida: estudar e trabalhar na Nova Zelândia é ter certeza que você levará uma vida leve e feliz. Isto é um fato. As características naturais somadas à excelente infra-estrutura, tornam o país um dos melhores lugares do mundo quando o assunto é qualidade de vida.
  • Dólar mais baixo: a moeda tem sido um dos pontos principais para quem pretende trabalhar na Nova Zelândia. O dólar mais baixo que o australiano e muito mais baixo que o dólar americano e qualquer moeda da Europa, permite com mais facilidade que alguém venha a realizar um intercâmbio para o país.
Trabalhar na Nova Zelândia como garçom ou barista é uma ótima opção.

Visto de Trabalho na Nova Zelândia

Para ter acesso ao visto de estudo e trabalho, é necessário preencher alguns pré-requisitos:

  • estar matriculado em curso com pelo menos 14 semanas de duração e 20 horas semanais de aula;
  • você terá permissão para trabalhar por 40 horas quinzenais;
  • o visto tem duração do período do curso mais um mês de férias;
  • as renovações do visto podem ser feitas dentro da Nova Zelândia se matriculando em novos cursos;
  • caso você estude por até 12 semanas, o visto exigido é o de turismo, que não permite trabalhar no país;

Se tiver qualquer dúvida, converse com nossa equipe e faça uma análise de perfil gratuita para o seu visto para a Nova Zelândia. Temos a maior taxa de aprovação de vistos do mercado.

As cidades neo-zelandesas possuem um alto padrão de qualidade de vida.

Empregos na Nova Zelândia

Embora existam opções de emprego full-time e part-time, os contratos de trabalho conhecidos como “casual” são os mais utilizados por aqueles que têm visto de estudante, uma vez que não existe o compromisso diário.

Para conseguir um emprego no país, temos algumas dicas infalíveis:

  • as oportunidades estão em todos os lugares, mantenha os olhos sempre abertos;
  • converse com amigos e colegas na escola. As indicações são um dos melhores caminhos;
  • distribua currículos impressos em cafés, bares, restaurantes, hotéis, obras e empresas de entrega;
  • faça pesquisas em sites e jornais locais. Sempre há boas surpresas;
  • escolha morar em uma das cidades da Nova Zelândia que não sofrem tanto com a baixa temporada no turismo.

Esperamos ter clareado suas principais dúvidas! Se precisar de qualquer coisa estamos sempre por aqui. Somos um agência de intercâmbio especializada em intercâmbio para a Nova Zelândia. Nossos consultores já moraram no país e terão prazer em te ajudar.

See ya!

Ofertas do Mês

NZeTA: entenda como funciona a autorização para quem faz turismo ou está em trânsito na Nova Zelândia.

Orçamento
Atendimento
Whatsapp