Confira nossa lista com os 20 pontos turísticos imperdíveis na Austrália


Fazer um intercâmbio na Austrália ou viajar a turismo pelo país traz uma chance de conhecer pontos turísticos incríveis que merecem uma visita por sua singularidade, beleza e aventura. Montamos uma lista feita com muito carinho elencando os 20 melhores lugares da Austrália que você não pode deixar de conhecer. Para quem deseja explorar belezas naturais, paisagens paradisíacas e viver muitas aventuras, esse é o destino certo. Separamos neste post, os lugares que você não pode perder quando for fazer seu roteiro de viagem. Embarque com a gente nesta viagem!

12 Apóstolos

Nos arredores de Melbourne estão os 12 Apóstolos, um dos lugares mais famosos da Austrália e um dos mais bonitos. Ele pertence ao Parque Nacional de Port Campbell, que possui outras diversas paradas que valem a pena. Os 12 Apóstolos são resultado de uma erosão natural que formam um conjunto de rochas que chegam a medir até 45 metros de altura e foram se desprendendo do continente ao longo de muitos anos, se tornando um monumento natural único. O percurso da viagem passa pela Great Ocean Road , umas das rodovias mais icônicas do mundo, que acaba tornando todo o caminho uma experiência incrível.

Baía de Sydney

Um dos cenários mais fotografados do mundo, a Baía de Sydney é um ponto turístico da Austrália que reúne dos mais icônicos símbolos do país, o Sydney Opera House, que é um centro de artes cênicas localizado no Sydney Harbour, um famoso canal que oferece lindas paisagens e um porto com diversas atividades e entretenimentos. A Sydney Harbour Bridge sem dúvidas é uma das atrações que vale a pena o click. Nas águas da Baía de Sydney também acontece uma das mais belas e impressionantes festas de réveillon do mundo. Um dos lugares imperdíveis na Austrália.

Grande Barreira de Corais

Eleita Patrimônio Mundial da Humanidade em 1981 pela Unesco, agência da Organização das Nações Unidas (ONU), a Grande Barreira de Corais possui 2900 km de extensão entre a costa australiana de Queensland até as ilhas da Papua Nova Guiné, na Ásia. É a maior barreira de corais do mundo e a única obra de arte da natureza visível do espaço. Sua extensão acopla 900 ilhas, existem diferentes passeios que podem durar de 1 a 3 dias para conhecer as ilhas.  Milhares de animais marinhos habitam a área, os passeios de snorkeling ou mergulho são incríveis para conhecer as diferentes espécies. No local está a conhecida Heart Reef, corais em formato de coração próxima às Ilhas Whitsundays.

Blue Mountains

A Blue Mountains é uma cadeia montanhosa nos arredores de Sydney. Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. Ela possui 1 milhão de hectares de florestas, penhascos de arenito, cânions, cachoeiras, cavernas e cerrado. É possível fazer caminhadas de mais de 140 km, para explorar e admirar toda a mata nativa. Uma das trilhas mais famosas é para as Three Sisters, formação rochosa de Blue Mountains ou para as cachoeiras Wentworth. Além das trilhas que você pode fazer de maneira independente, existem tours guiadas em grupo, onde você além de visitar os melhores lugares, aprende sobre a cultura dos nativos e o que está por trás de toda herança histórica. Se você deseja se hospedar em algum hotel luxuoso sem perder o contato com a natureza, aqui é o lugar certo. O local conta com hotéis 5 estrelas e resorts luxuosos que apoiam a preservação da natureza.

Ningaloo Reef

Na costa Oeste, o destaque vai para o Ningaloo Reef, Patrimônio Mundial da Unesco. Com 260 quilômetros de comprimento, é o maior recife de coral exclusivo da Austrália e o único grande recife acessível à praia. Suas principais atrações são nadar com tubarão-baleia, nadar em meio às baleias jubarte, mergulhos de cilindro e snorkelling e hospedagens em hotéis incríveis. No local é possível encontrar o maior peixe do mundo, o tubarão-baleia. Não precisa ter medo, pois ele só come plânctons. Veja a foto e entenda que realmente é um dos lugares imperdíveis na Austrália.

Uluru

O Uluru (ou Ayers Rock) é situado dentro do Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta, na região de Alice Springs, ao Sul do Northern Territory. Patrimônio natural e cultural da UNESCO, o monólito tem 348 metros por cima da superfície e abaixo estima-se que ele tem cerca de 863 metros. Ícone da cultura australiana, seu local é considerado sagrado para os Angus, tribo aborígenes que habita a região por mais de 10 mil anos. Um lugar cheio de energia e de história, seu destaque vai para os tons de vermelho que mudam de acordo com a intensidade da luz do sol.

Karijini National Park

Segundo maior parque nacional de Western Austrália, o Karijini National Park é uma beleza natural muito visitada no Oeste australiano. O parque investe na proteção de diversas espécies animais e sua fauna e flora. Seus lagos naturais e cachoeiras podem  ser visitados a pé ou com a ajuda de um carro comum ou 4WD. Fique atento para cangurus vermelhos, de pedra, equidnas, lagartos, dingos, morcegos, entre outros. É possível nadar em piscinas naturais, apreciar vistas inesquecíveis, como a de Oxer Lookout e se hospedar em retiros ecológicos. Você pode acessar o parque por Tom Price, Roebourne, Port Hedland ou Newman.

Byron Bay

Cidadezinha mais ao leste da Austrália, Byron Bay agrega em um mesmo lugar a cultura do surf, beleza natural com florestas tropicais e ótima culinária. Povoada por hippies nos anos 70, a cidade herdou uma atmosfera tranquila e alegre. Com muito esporte ao ar livre e lindas praias, Byron Bay apesar de pequena, tem diversas paisagens, como por exemplo seu farol na ponta do Byron Cape, com uma vista deslumbrante, é possível ver o Mar da Tasmânia. Para chegar até lá, não deixe de usar a Rota Turística do Pacífico, saindo de Sydney ou Brisbane e visite os parques nacionais na Rainforest Way.

The Pinnacles

No Parque Nacional de Nambung, ao norte de Perth, em Western, está The Pinnacles. Um conjunto de estruturas naturais de calcário, formadas há aproximadamente 25.000 a 30.000 anos depois que o mar recuou e deixou depósitos de conchas, formando com o tempo, esses pilares de diferentes formatos, alguns são tão altos que podem chegar a até 3,5 metros de altura.  A melhor maneira de acessar a área é pela cidade de Cervantes.

Wave Rock


Wave Rock é uma formação rochosa pré-histórica, em formato de onda gigante,  acredita-se que ela levou mais de 2.700 milhões de anos para ser construída, são 14 metros de altura e 110 de comprimento. É o lado norte de uma colina de granito a 3 km de Hyden, a leste de Perth. A atração é a mais conhecida de um grupo maior de rochas em formato de onda da região. As ondas têm essa cor devido à chuva e outras substâncias químicas, que formam listras verticais e deixam a rocha ainda mais incrível.

Kangaroo Valley

Para quem busca natureza e tranquilidade, Kangaroo Valley é um ótimo lugar. Um dos vales mais bonitos da Austrália, está estrategicamente entre as montanhas Camberra e Barrengarry, na região de Illawarra em New South Wales. A menos de duas horas de Canberra e Sydney, possui muito verde, montanhas pitorescas e ótimas áreas para caminhada. Kangaroo Valley oferece o local perfeito para fugir da agitação da vida da cidade e é muito procurada por quem faz intercâmbio na Austrália. O local tem a arquitetura mais clássica e traz uma sensação aconchegante e romântica. É muito conhecido também por sua gastronomia e as lindas estradas ao seu redor.

Kakadu National Park

O Parque Nacional de Kakadu é Patrimônio da Humanidade da Unesco devido à sua grande contribuição pela preservação da cultura aborígene. Localizada a 257 km a Oeste de Darwin, no Northern Territory. É um dos locais imperdíveis na Austrália, principalmente por conta das suas paisagens antigas, cachoeiras e sua linda floresta. Seus paredões de tons marrom e avermelhados conservam a arte dos australianos nativos pintada nas rochas. É possível observar crocodilos em seu habitat natural, conhecer piscinas naturais e conhecer uma das artes rupestres mais antigas do mundo. Aos aventureiros é possível fazer cruzeiros pelo rio East Alligator e pelas várzeas de Yellow Water. São inúmeras as atividades que farão você se conectar com a natureza e a cultura do lugar.

William Bay

William Bay National Park está ao Sul de Western, próximo à Dinamarca. As duas principais atrações do parque são a Greens Pool e Elephant Rock, que deixam o lugar ainda mais bonito e divertido. A Elephant Rock é um  recife de rochas arredondadas, que traz um visual único e paradisíaco. A Greens Pool é a atração mais popular em William Bey, muito querida principalmente por crianças, que se divertem nadando e curtindo o verão. Com águas verdes turquesa, areia branca, é  um lugar perfeito para relaxar, mergulhar e explorar.

Fraser Island

Patrimônio Natural da Unesco desde 1992, Fraser Island fica ao Norte de Brisbane. No local é possível encontrar natureza selvagem e infra estrutura rústica. É a maior ilha de areia do mundo, o destaque vai para suas dunas, verdadeiras montanhas, a forma mais radical de desbravar a ilha é com um carro 4×4. Os lagos cristalinos são ótimos para relaxar e tirar boas fotos, a ilha tem diversos pontos que valem a pena serem explorados. Para chegar ao paraíso, basta pegar um ferry a partir da Hervey Bay.

Wineglass Bay

Visitar Wineglass Bay, na Tasmânia, é ter a oportunidade de conhecer uma das 10 melhores praias do mundo. Localizada na península Freycinet, é muito procurada por casais em lua de mel ou turistas interessados em trekking. A baía está a aproximadamente duas horas de distância de carro ao norte de Hobart. O lugar é perfeito para relaxar e admirar sua beleza única, suas acomodações variam de campings, até aos hotéis mais luxuosos. Suas principais atividades são os passeios de barco, pesca, trilhas, caiaque e claro, o visual espetacular.

The Grampians

Visitar o Parque Nacional Os Grampians é como entrar em uma máquina do tempo e ir direto para o passado, ao início da civilização. O parque, conhecido como Gariwald pelos clãs aborígines que estão vinculados a este lugar há mais de 22.000 anos, é um dos sítios de arte rupestre australianos de maior valor para a cultura do país. Ele é cenário de uma linda cordilheira, cercado de florestas e natureza, tendo uma rica diversidade de plantas e animais nativos. Se for para lá, não perca a chance de conhecer os mirantes, para contemplar suas vistas. Se aprofundar nas histórias dos aborígenes também é algo muito válido e enriquecedor, os principais centros culturais estão dentro do parque. A gastronomia também não deixa nada a desejar, os vinhos e restaurantes dos Grampians são ótimos.

Cradle Mountain


Entre as muitas belezas da Tasmânia está Cradle Mountain,  a 1,5 horas de carro de Devonport e a 2,5 horas de carro de Launceston. Parte do Patrimônio Mundial, a reserva ecológica possui paisagem diversificada e é habitat rico para a vida selvagem, incluindo demônios da Tasmânia, ornitorrincos, equidnas e várias espécies de aves. Aos amantes de caminhada, a uma gama de trilhas, desde o nível fácil ao avançado.

Kangaroo Island

Terceira maior ilha da Austrália, depois da Tasmânia e Melville, Kangaroo Island está mais isolada, no Sul da Austrália. A ilha é uma reserva natural, sendo o Parque Nacional Flinders Chase o maior e mais conhecido. A ilha conta com diversos animais exóticos, coalas e cangurus por toda a parte, é possível apreciar focas, leões-marinhos, fazer snorkel com golfinhos e  conhecer outras diferentes espécies. Se for alugar um carro para explorar a ilha, tome cuidado, porque à noite o atropelamento de animais é bem comum, então redobre a atenção. O clima é mais mediterrâneo então se quiser aproveitar melhor as praias, opte por ir no verão. É possível ir até a ilha por diferentes serviços de ferry.

Homebush Bay

Sydney tem uma construção mundialmente famosa, como a Opera House e a Harbour Bridge. Porém, há um local que recebe menos atenção, mas vale muito ser visitado. Próximo ao Parque Olímpico de Sydney, nas margens do rio Parramatta, Homebush Bay é uma espécie de cemitério de navios que foram desativados e tomados pela natureza. É possível ver os restos desses navios abandonados, que foram enferrujando e agora fazem parte desse cenário. Curiosidade: há pelo menos cinco grandes deles e outras embarcações menores.

Coober Pedy

Coober Pedy é a maior fonte de opala do mundo, uma pedra muito usada pelos reis na antiguidade. Situada no Norte da Austrália, a cidade possui características únicas. Por conta do intenso calor, Coober Pedy possui uma série de abrigos e residências abaixo da terra, a vida dos habitantes dessa cidade é praticamente só subterrânea, os hotéis, bares, tudo funciona dessa forma. O nome “Coober Pedy” vem do termo aborígene local kupa-piti que significa “buraco do homem branco”.

Esperamos que tenha gostado das curiosidades sobre a história e cultura dos pontos turísticos da Austrália. Deixamos o convite para conferir o post com uma lista de famosos australianos . Nos vemos por aí!


Deprecated: related_posts está obsoleto desde a versão 5.12.0! Use yarpp_related em seu lugar. in /home2/upstudycom/public_html/wp-includes/functions.php on line 5211
Orçamento
Atendimento
Whatsapp